Websites e E-commerces

E-commerce: os hábitos de consumo dos brasileiros mudaram

e-commerce-transformaçao-digital-estrategia-social-media-lab34
Escrito por Lab 34

O calendário brasileiro é cheio de datas comemorativas e gostamos de comprar presentes, seja para nós mesmos ou para uma pessoa querida. Quem se beneficia disso é o comércio, com o aumento do volume de vendas nessas datas. E com a transformação digital essas vendas se multiplicaram também nos meios online, nos chamados e-commerce.

É na Internet que hoje você encontra uma variedade muito maior de produtos com preços menores que nas lojas físicas. Também é na Internet que você se informa sobre as características e a qualidade do produto por meio de bilhões avaliações de outros compradores.

Ainda, o melhor disso tudo é que você faz tudo sem precisar levantar do sofá. Com o celular na mão é possível realizar uma compra em poucos minutos. Pois bem, o mercado e-commerce é uma tendência que veio para ficar. Assim, neste artigo vamos falar dos novos hábitos de consumo.

O que é um e-commerce e como é possível faturar com isso?

Um e-commerce é um site de compras na Internet. Então, o site é como se fosse a vitrine da loja e os produtos como se fossem o mostruário. Você acessa, seleciona os produtos que quiser comprar e depois paga com cartão de crédito ou boleto; tudo é feito no próprio site.

Para se ter uma noção, o Brasil tem 930 mil e-commerces, e o número vem crescendo ano a ano. Mas grande parte das pessoas ainda têm medo de comprar pela Internet, por conta de dados pessoais e financeiros.

Nesse sentido, existem empresas de tecnologia que trabalham com a segurança de lojas online. São os chamados selos e você pode conferir no rodapé dos sites, como por exemplo Site Blindado e SSL Certificate.

A partir do momento em que as pessoas se sentem seguras para comprar em e-commerces a transformação digital acontece. 

Faturando com um e-commerce

É nesse momento que o empreendedor precisa enxergar as melhores possibilidades de fazer negócio. Um e-commerce pode ser uma loja online local ou um grande comércio nacional, pois tudo depende do seu produto e público-alvo.

Porém, o grande diferencial do sucesso do negócio é o posicionamento da sua marca no meio online. Para isso, é necessário planejar uma estratégia de marketing digital focada no crescimento do seu e-commerce.

Como aparecer na primeira página do Google

A gente nota que a tecnologia faz parte da nossa intimidade quando ficamos mais tempo com o celular do que com pessoas. Sim, o banheiro é o melhor lugar para ler artigos e responder e-mails.

Nesse sentido, a tecnologia deve ser uma importante ferramenta para facilitar nosso dia a dia. Como por exemplo ir às compras. Segundo uma pesquisa da Lett em parceria com a Opinion Box, 76% das pessoas fazem pesquisas no Google antes de realizar uma compra.

A tecnologia já faz parte dos nossos hábitos e, consequentemente, compramos e vendemos pela Internet o tempo todo.

Faça um marketing inteligente

Apesar dos hábitos de consumo mudarem, o consumidor ainda tem os mesmos problemas e precisa das mesmas soluções. Se ele precisa de uma geladeira ele compra uma geladeira.

Então, para que seu e-commerce seja a primeira solução é necessário uma estratégia inteligente, tentando ao máximo possível sentir as dores do seu cliente. Além disso, a cereja do bolo é o impulsionamento de campanhas em Google Ads.

A transformação digital da Kabum e o case de sucesso da marca

A Kabum foi eleita pelo Ibope como o segundo melhor e-commerce do Brasil em 2018. Em primeiro lugar está a Netshoes, mas você vai entender porque queremos falar dessa marca.

A Kabum nunca teve uma loja física, sendo que desde sua criação, em 2003, se posicionando como um e-commerce de eletrônicos. No site Reclame Aqui, a marca é sucesso de satisfação com do cliente, com 8,7 pontos.

Faturando milhões por ano, a Kabum poderia ter se mantido apenas como um negócio online. No entanto, ela criou o próprio time de LoL e hoje representa o Brasil em campeonatos mundiais de e-sports.

Diferente da Netshoes, que vende artigos esportivos, a Kabum é especialista em eletrônicos. Sendo assim, grande parte do seu público são jogadores de LoL, Fifa, Fortnite, entre outros. Já deu para perceber a sacada deles, né? Eles investiram em entretenimento para o seu público-alvo.

A partir disso, ela passa a impactar nos hábitos de consumo do consumidor de outras formas. Isso gera identificação com país, sem falar na grande exposição da marca. Por isso, muito mais do que promoções, a Kabum investiu em notoriedade, sendo hoje o maior e-commerce de eletrônicos da América Latina.

Os hábitos de consumo do futuro

As revoluções tecnológicas vão permitir cada vez mais nossa interação com o Internet na hora de fazer uma compra. Como por exemplo a Alexa, da Amazon. Ela é uma assistente virtual com inteligência artificial.

Pode parecer assustador, mas há 10 anos atrás você também diria isso na hora de comprar um celular da China e esperar 2 meses para chegar. Hoje o país é líder na corrida pelo 5G (velocidade de Internet).

Da mesma forma que a transformação digital fez as lojas físicas migrarem para o meio online, essa transformação acontece nos e-commerces em tempo real todos os dias. Assim, quanto mais assertividade na comunicação, maior a satisfação do cliente e o crescimento dessas lojas online.

Quer saber mais sobre marketing estratégico? Acesse o blog da Lab34!

Sobre o autor

Lab 34

Deixar comentário.